terça-feira, 27 de novembro de 2012

Principais Blocos Econômicos e Organizações Internacionais



Blocos econômicos e Outras Organizações
A necessidade dos países de se organizarem em Blocos econômicos surgiu com a Nova Ordem
Mundial que tem como objetivo máximo o poder financeiro. Portanto este tipo de organização serve
para disputar o mercado internacional.

Mapa destacando os principais blocos econômicos do planeta




1.ALCA - Área de livre Comércio das Américas

Visando a integração comercial do continente, o governo estadunidense propôs a criação de uma Área de Livre Comércio das Américas (Alca). Esse grande bloco econômico seria integrado por 34 nações; a única exceção seria Cuba, visto que esse país apresenta divergências ideológicas com os Estados Unidos.A maioria dos países da América Latina interpreta a criação da Alca como uma manobra dos Estados Unidos para a expansão de suas empresas transnacionais pelo continente. Porém, há opositores também nos EUA, alegando que o bloco econômico diminuiria o número de empresas no país, visto que muitas delas migrariam para outras nações americanas em busca de mão de obra barata.

2. Nafta (North America Free Trade Agreement), ou Tratado Norte-Americano de Livre Comércio

Foi criado em 1993 e teve início a partir de um acordo estabelecido entre três países da América do Norte: Estados Unidos, México e Canadá. A partir desse acordo foi implantado o livre comércio entre as nações integrantes. Um dos principais motivos da criação desse bloco econômico foi fazer frente à União Europeia, tendo em vista que essa tem alcançado um grande êxito no cenário mundial. Desse modo, o México foi inserido nesse bloco simplesmente porque possui um enorme mercado consumidor, é detentor de uma grande jazida de petróleo, recurso indispensável para Estados Unidos e Canadá, além de ser fornecedor de mão de obra barata.


                                      3. Mercosul - Mercado Comum do Cone Sul




Estabelecido em 26 de março de 1991, através da assinatura do Tratado de Assunção, o Mercosul (Mercado Comum do Sul) é um bloco econômico formado pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. 


Crise no Mercosul - 2012


Em 2012, quando o  Mercosul completou 21 anos de existência, o bloco já demonstrava desgastes nas áreas econômica , comercial e política. Perante a crise econômica internacional, os líderes do bloco, Argentina e Brasil, travavam  bloqueios para a entrada e saída de suas mercados num importante mercado bilateral para ambos.

Em julho de 2012, milhares de produtos brasileiros estavam presos nas fronteiras argentinas e, o mesmo aconteceu com os produtos argentinos na fronteira brasileira. O bloqueio sobre as importações tornaram-se mais urgentes por parte da Argentina que teme fechar contratos em peso e perder dinheiro devido à desvalorização de sua moeda perante o real.
Outra questão está no setor dos transportes, até os dias atuais não há voo direto entre Buenos Aires e Brasília, e número de voos entre os dois países ainda não é abrangente. Analistas consideram que os grandes competidores econômicos estão na Ásia, portanto, é estratégico que Brasil e Argentina reforcem seu comércio bilateral e as ações comerciais e econômicas no bloco.
A crise nas áreas econômica e comercial ficou marcada pelar barreiras argentinas, retaliações por parte do Brasil, revisão da TC (Tarifa Externa Comum) e os protestos antiprotecionistas por parte de uruguaios e paraguaios. Na área política, a crise culminou a partir do impeachment do ex-presidente paraguaio Fernando Lugo, fator que colocou o Brasil na presidência semestral do bloco (no segundo semestre de 2012, cargo que seria ocupado pelo Paraguai) e o afastamento do Paraguai e sua substituição pela Venezuela.



                           4. A Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec)

Foi fundada em 1989 na Austrália, cujo principal objetivo é a criação de uma área de livre comércio entre os países membros e Hong Kong. Os integrantes da Apec são: Austrália, Brunei, Canadá, Chile, China, Indonésia, Japão, Coreia do Sul, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Peru, Filipinas, Rússia, Cingapura, Tailândia Vietnã e Estados Unidos, além de Taiwan (Formosa) e Hong Kong. 

A Apec é o principal fórum que proporciona o crescimento econômico, a cooperação, o comércio e o investimento na região Ásia-Pacífico. As decisões nesse bloco são tomadas por consenso, a Apec não apresenta um tratado de obrigações para os seus participantes. 


                                                               5. União Européia
Bandeira da União Européia

É um bloco econômico, político e social de 27 países europeus que participam de um projeto de integração política e econômica. Estes países são politicamente democráticos, com um Estado de direito em vigor. Este bloco econômico é o mais antigo do mundo que surgiu após a segunda grande guerra, com o chamado Mercado Comum Europeu.

O tratados que definem a União Europeia são: o Tratado da Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA), o Tratado da Comunidade Econômica Européia (CEE), o Tratado da Comunidade Européia da Energia Atômica (EURATOM) e o Tratado da União Europeia (UE), o Tratado de Maastricht, que estabelece fundamentos da futura integração política. Neste último tratado, se destaca acordos de segurança e política exterior, assim como a confirmação de um Constituição Política para a União Europeia e a integração monetária, através do EURO.



6. PACTO ANDINO - COMUNIDADE ANDINA DE NAÇÕES

Outro bloco econômico da América do Sul é formado por: Bolívia, Colômbia, Equador e Peru. Foi criado no ano de 1969 para integrar economicamente os países membros. As relações comerciais entre os países membros chegam a valores importantes, embora os Estados Unidos sejam o principal parceiro econômico do bloco.



                                        7. UNASUL - (União de Nações Sul-Americanas)


A União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) é formada pelos doze países da América do Sul. O tratado constitutivo da organização foi aprovado durante Reunião Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo, realizada em Brasília, em 23 de maio de 2008. Dez países já depositaram seus instrumentos de ratificação (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Guiana, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela), completando o número mínimo de ratificações necessárias para a entrada em vigor do Tratado no dia 11 de março de 2011.
A UNASUL tem como objetivo construir, de maneira participativa e consensual, um espaço de articulação no âmbito cultural, social, econômico e político entre seus povos. Prioriza o diálogo político, as políticas sociais, a educação, a energia, a infra-estrutura, o financiamento e o meio ambiente, entre outros, com vistas a criar a paz e a segurança, eliminar a desigualdade socioeconômica, alcançar a inclusão social e a participação cidadã, fortalecer a democracia e reduzir as assimetrias no marco do fortalecimento da soberania e independência dos Estados.


                  Organizações Internacionais               

Organismos ou organizações internacionais, também chamados de instituições multilaterais, são entidades criadas pelas principais nações do mundo com o objetivo de trabalhar em comum para o pleno desenvolvimento das diferentes áreas da atividade humana: política, economia, saúde, segurança, etc.
Essas organizações podem ser definidas como uma sociedade entre Estados. Constituídas por meio de tratados ou acordos, têm a finalidade de incentivar a permanente cooperação entre seus membros, a fim de atingir seus objetivos comuns. Atuam segundo quatro orientações estratégicas:
  • Adotar normas comuns de comportamento político, social, etc. entre os países-membros;
  • Prever, planejar e concretizar ações em casos de urgência (solução de crises de âmbito nacional ou internacional, originadas de conflitos diversos, catástrofes, etc.);
  • Realizar pesquisa conjunta em áreas específicas;
  • Prestar serviços de cooperação econômica, cultural, médica, etc.
Abaixo, algumas das mais relevantes organizações internacionais:

ONU - Organização das Nações Unidas

Foi criada pelos países vencedores da 2ª Guerra Mundial e tem como principal objetivo manter a paz e a segurança internacionais. Proíbe o uso unilateral da força, prevendo contudo sua utilização - individual ou coletiva - para defender o interesse comum dos seus países-membros. Seu principal objetivo é manter a segurança internacional e pode intervir nos conflitos não só para restaurar a paz, mas também para prevenir possíveis enfrentamentos. Também incentiva as relações amistosas entre seus membros e a cooperação internacional.
UNESCO - Organização das Nações Unidas para educação, ciência e cultura
Foi criada em 1945 pela Conferência de Londres e tem como objetivo contribuir para a paz através da educação, da ciência e da cultura. Visa eliminar o analfabetismo e melhorar o ensino básico, além de promover publicações de livros e revistas, e realizar debates científicos. Desde 1960, atua também na preservação e restauração de espaços de valor cultural e histórico.

OCDE - Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico

É um fórum internacional que articula políticas públicas entre os países mais ricos do mundo. Fundada em 1961, substituiu a Organização Europeia para a Cooperação Econômica, criada em 1948, no quadro do Plano Marshall. Sua ação, além do terreno econômico, abrange a área das políticas sociais de educação, saúde, emprego e renda.

OMS - Organização Mundial da Saúde

É uma agência especializada em saúde, fundada em 7 de abril de 1948 e subordinada à ONU. Sua sede é em Genebra, na Suíça. Tem como objetivo principal o alcance do maior grau possível de saúde por todos os povos. Para tanto, elabora estudos sobre combate de epidemias, além de normas internacionais para produtos alimentícios e farmacêuticos. Também coordena questões sanitárias internacionais e tenta conseguir avanços nas áreas de nutrição, higiene, habitação, saneamento básico, etc.

OEA - Organização dos Estados Americanos

Criada em 1948, com sede em Washington (EUA), seus membros são as 35 nações independentes do continente americano. Seu objetivo é o de fortalecer a cooperação, garantir a paz e a segurança na América e promover a democracia.

OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte

Foi criada em 1949, no quadro da guerra fria, como uma aliança militar das potências ocidentais em oposição aos países do bloco socialista. Formada inicialmente por EUA, Canadá, Bélgica, Dinamarca, França, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal e Reino Unido, a OTAN recebeu a adesão da Grécia e da Turquia (1952), da Alemanha (1955) e da Espanha (1982). Depois do fim da URSS, passou a ser uma organização de defesa dos países membros do Hemisfério norte, e não mais uma organização de defesa do capitalismo de quando foi criada.

BIRD - Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento

Com o objetivo de conceder empréstimos aos países membros, o BIRD, também conhecido como Banco Mundial, oferece financiamento e assistência técnica aos países menos avançados, a fim de promover seu crescimento econômico. É formado por 185 países-membros e iniciou suas atividades auxiliando na reconstrução da Europa e da Ásia após a Segunda Guerra Mundial.

FMI - Fundo Monetário Internacional

Criado para promover a estabilidade monetária e financeira no mundo, oferece empréstimos a juros baixos para países em dificuldades financeiras. Em troca, exige desses países que se comprometam na perseguição de metas macroeconômicas, como equilíbrio fiscal, reforma tributária, desregulamentação, privatização e concentração de gastos públicos em educação, saúde e infraestrutura.

OMC - Organização Mundial do Comércio

Trata das regras do comércio entre as nações. Seus membros negociam e formulam acordos que, depois, são ratificados pelos parlamentos de cada um dos países-membros. Tem como objetivo desenvolver a produção e o comércio de bens e serviços entre países-membros, além de aumentar o nível de qualidade de vida nesses mesmos países.

OIT - Organização Internacional do Trabalho

Tem representação paritária de governos dos seus 182 Estados-membros e de organizações de empregadores e de trabalhadores. Com sede em Genebra, Suíça, a OIT possui uma rede de escritórios em todos os continentes. Busca congregar seus membros em torno dos seguintes objetivos comuns: pleno emprego, proteção no ambiente de trabalho, remuneração digna, formação profissional, aumento do nível de vida, possibilidade de negociação coletiva de contratos de trabalho, etc.


As informações  sobre as Organizações Internacionais aqui postadas, foram retiradas do site abaixo:

http://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/organizacoes-internacionais-conheca-as-principais-instituicoes-multilaterais.htm



Conselho de Segurança da ONU
Composição em 2011

O Conselho de Segurança da ONU é composto por cinco Membros Permanentes, que possuem direito a veto. Os Membros Permanentes são: China, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos da América.

Fazem parte também do Conselho dez Membros Não-Permanentes, que são eleitos pela Assembleia Geral com mandatos de dois anos.
Atenção:
A partir de 1º de janeiro de 2012, a vaga brasileira de membro rotativo foi ocupada pela Guatemala, o novo representante latino-americano na casa.


O Brasil no Conselho de Segurança

Esta é a décima vez que o Brasil ocupa assento não-permanente no Conselho de Segurança (CSNU), cargo para o qual foi eleito pela Assembleia Geral para o mandato 2010-2011. Brasil e Japão são os dois países que mais vezes ocuparam assento eletivo no CSNU.
Conforme a Carta das Nações Unidas, o CSNU tem a responsabilidade primária pela paz e segurança internacionais. Um dos instrumentos de que se vale o CSNU para cumprir sua função é o estabelecimento de operações de manutenção da paz. Na atualidade, há 16 operações de manutenção da paz ativas em todo o mundo.
O Brasil participa, no momento, de nove dessas operações, com cerca de 2.200 militares e policiais. Lembrando que o grande interesse brasileiro e fazer parte um dia do Conselho Permanente de Segurança da ONU.

11 comentários:

  1. Obrigada, Profa. Me ajudou muito a entender alguns conceitos. Grata, Alba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, fico muito Feliz, volte sempre queridaaa

      Excluir
  2. muito obrigada fiz meu trabalho todinho aqui,foi o único site que teve tudinho q eu precisava agora só quero ver a nota q eu vou tirar!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Fico muito orgulhosa, e agradeço, volte sempreee!

      Excluir
  3. brigado vou tirar uma boa nota com certeza!

    ResponderExcluir
  4. Espero sinceramente poder ter ajudado, forte abraço e bom trabalho!

    ResponderExcluir
  5. com essas informações eu tiro 10 na certa...

    ResponderExcluir
  6. me ajudou muito espero passar na prova

    ResponderExcluir
  7. Esse conteúdo me ajudou muito em sala de aula com meus alunos

    ResponderExcluir